sábado, maio 12, 2007

Notebook pra quê?

Pois é amigos, em função da minha felicidade espontânea e provavelmente passageira, venho publicar algo que expressa minha opinião sobre o futuro (ou não) dos notebooks no mundo da tecnologia. Aos super fãs do computador portátil, só relevo os admiradores dos Apple, fora isso, é bobagem, atualmente, investir em um PC que muito provavelmente vai te dar problemas, é pesado, e caro.

Pesquisando muito sobre os Internet Tablets da Nokia (veja as fotos abaixo, no post anterior) e também sobre os UMPC's, vejo que não há mais um mercado muito promissor para os notebooks. Se antes eles eram símbolo de status, hoje, são ferramentas de trabalho "comuns" e também a opção para um "segundo desktop" em casas com muitas pessoas. Eu, que já tive PALM's, Smartphones, e atualmente empunho um blackberry, vejo que os palms, que eram a solução para a mobilidade, estão cada vez menos PC's e cada vez mais Smartphones, e o problema disso é que perdem a capacidade de emularem um computador de mesa. Tudo bem, hoje em dia eu desfruto e muito da internet 2.0 e já quase não instalo nada em desktop's coporativos, mas convenhamos, digitar um texto longo num teclado (mesmo que qwerty) de um palm ou de um blackberry, é extremamente desgastante e desconfortável; editar tabelas e planilhas então, esqueça, é visualizar mesmo e pronto. Neste meio tempo, nasce uma nova alternativa para os adoradores de gadgets, que são os UMPC's e os Internet Tablets.

A defesa parece ser um tanto quanto parcial, mas a verdade é que eu estou querendo uma resolução de tela decente, um navegador idem, e além disso, não dispenso minhas músicas e meus vídeos que tanto gosto; porém, não posso ficar o dia só no lazer, e quero ter uma ferramenta que sirva para eu trabalhar, e de preferência que caiba nas minhas mãos e não ocupe muito da minha área física de trabalho. Tudo bem, já existem monitores de LCD que são fininhos o bastante para ocuparem pouco espaço, porém, um internet tablet custa ou o mesmo tanto, ou senão, mais barato que um monitor desses e faz muito mais coisas que simplesmente mostrar imagem. Em um mês talvez, eu esteja com um internet tablet na mão e poderei avaliar melhor os prós e contras dessa nova tecnologia. Por enquanto é apenas um discurso de pedido de presente mesmo. Obrigado!
Postar um comentário